Blog da Construmoura Construtora | Expectativas do mercado imobiliário para 2021
15940
post-template-default,single,single-post,postid-15940,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-14.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Expectativas do mercado imobiliário para 2021

Expectativas do mercado imobiliário para 2021

O ano de 2021 está só começando, mas o mercado imobiliário já segue com muitas previsões e expectativas de como ele será. Por se tratar de um ano que, acima de tudo, todos querem superar a crise de saúde que ocorreu em 2020, as expectativas do setor são positivas, enxergando grandes oportunidades e excelentes negócios.

Descubra abaixo as expectativas do mercado imobiliário para 2021!

Resumo do mercado imobiliário em 2020

Antes de falarmos das expectativas do mercado imobiliário para 2021, é importante realizarmos um breve resumo de como foi 2020 neste setor. Apesar de grande crise de saúde, por conta da Covid-19, que se alastrou pelo mundo, aqui no Brasil o mercado imobiliário em 2020 viveu uma grande fase, graças ao momento histórico que o país passa por conta das taxas de juros baixas, de uma forma nunca vista até então.

O ano de 2020 fez com que muitos brasileiros superassem a desconfiança causada pela crise econômica que vivíamos desde 2015, que fez com muitos adiassem a compra da casa própria durante este período, e por consequência gerando uma grande demanda reprimida por imóveis.

Outro ponto positivo visto em 2020 é que, por termos passado mais tempo dentro de nossas residências, começamos a enxergar o imóvel de uma outra forma, deixamos de ver como um local feito apenas para dormimos e fazermos nossas demais necessidades básicas, e começamos a enxergar como um verdadeiro lar. Além disso, o home-office também contribuiu para que este espaço fosse repensado, para comportar o trabalho remoto.

Ainda falando do ano que se foi, outra peça fundamental para a retomada do mercado imobiliário foi o setor de construção civil, graças a determinação do governo federal em classificar construção civil como atividade essencial, fazendo que o setor desse continuidade a muitas obras que estava em andamento e que poderiam gerar uma catástrofe econômica se parassem. Além de que esta determinação também gerou mais empregos, movimentou a economia e atendeu a esta grande demanda por imóveis.

As expectativas do mercado imobiliário para 2021

Percebe-se então que as expectativas para o mercado imobiliário em 2021 são altas. Os motivos também ficam claros quando resumimos 2020: a diminuição da taxa Selic, segue sendo a menor taxa da história do país, e o Comitê de Política Monetária (Copom) e o Banco Central (BC) reduziram as taxas com a intenção de frear a recessão do mercado imobiliário. Mesmo que não seja possível garantir que essa taxa permaneça no mesmo patamar ao longo de 2021, o mercado segue com a expectativa positiva de que esta taxa não tenha uma grande alta e permaneça por volta dos 2,75% ao ano. Assim seguindo como um momento perfeito para compra e venda de imóveis.

Outro incentivo que tem se falado muito e que esquenta as expectativas em 2021 é o programa Casa Verde e Amarela. O Casa Verde e Amarela é um programa que reúne iniciativas habitacionais do governo federal para ampliar o estoque de moradias e atender as necessidades habitacionais da população. O Casa Verde e Amarela vai promover o desenvolvimento institucional de forma eficiente no setor de habitação e estimular a modernização do setor da construção e a inovação tecnológica.

Financiamento 

Com a redução dos juros, muitas pessoas se interessarão mais pelas opções de financiamentos, já que por conta disso, as parcelas receberão um desconto significativo, se tornando uma alternativa muito acessível para realizar o sonho da casa própria.

Construção civil 

A construção civil deve ser outra grande aposta de sucesso para 2021, que aquecerá ainda mais o ramo imobiliário. Porém, é interessante deixar claro que essa aposta dependerá da diminuição dos valores dos materiais de construção, que subiram em proporções enormes em 2020.

O perfil de imóveis mudou

Como falamos um pouco acima, a quarentena gerada por conta da pandemia fez com que muitos moradores enxergassem as suas residências de outra forma, deixando aquela antiga visão de ser um ambiente para apenas comer ou dormir, e agora vendo como um espaço para acomodar toda a sua rotina.

Ou seja, 2021 deve ser um ano que os clientes darão mais valor a estrutura que um condomínio e a planta de um apartamento possa oferecer, e assim havendo uma busca maior por condomínios completos, como prédios mais próximos de áreas tranquilas, visto que boa parte das empresas adotaram o home office para sempre, e condomínios que ofereçam grandes áreas de lazer e entretenimento.

Segundo alguns especialistas do ramo, em 2021 o setor imobiliário terá tudo o que esperava para 2020, mas com um mercado mais maduro e muito mais consistente, tendo também a percepção de que chegou ao final de 2020 em uma posição mais favorável do que estava no final de 2019. Isso tudo também levando em conta que, com a chegada da vacina, os especialistas acreditam que o setor de construção será o grande indutor da retomada da economia.


Construmoura Construtora

Construmoura Construtora

Conheça nossa empresa e nossos empreendimentos: Nós temos um CONSTRUMOURA que combina com você. Em Mongaguá, Praia Grande, Itanhaém e agora no Guarujá.